Parque Caminhos do Mar cria painel de resíduos encontrados em suas trilhas na Semana do Meio Ambiente

31/05/2022 09:33

Unidade de Conservação, Parque tem iniciativas que usam a visitação do público como forma de educar para preservar

Escrito por Magda Pontes | ELA Comunica
Crédito da foto: pejornal.com.br

Olinda, PE, Brasil (Ano IX) - Dia 5 de junho é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente, data criada pela ONU que é um relevante chamado a toda a população para os problemas ambientais. Este ano, o tema mundial é “Uma só Terra”, e no Parque Caminhos do Mar, pertinho do centro de São Paulo, Cubatão e da Baixada Santista, um painel mostrará parte do lixo encontrado nas trilhas, como garrafas de vidro, latinhas de refrigerantes, embalagens plásticas, entre outros. Os ingressos variam de preço. Para quem vai quarta ou quinta-feira o valor inteiro é de R$ 40 e meia entrada de R$ 20. Já para quem deseja ir sexta a domingo pagará R$ 50 inteira ou R$ 25 meia, no período entre 01/05 a 5/06. No passeio, os visitantes poderão ver, por exemplo, uma lata de bebida descartada em 1990 e que hoje ainda tem pouquíssimos sinais de decomposição.

Para a Parquetur, gestora do Parque desde junho de 2021, a visitação é a melhor forma para preservar a natureza. “Nosso objetivo é fazer a sensibilização e conscientização das pessoas que visitam o Parque, para mostrar a importância da preservação da Mata Atlântica, que vem sendo degradada ano após ano”, comenta Carolina Bonafé, Gerente de Marketing da Parquetur. Segundo ela, o Parque é muito mais do que a lugar onde está a famosa Estrada Velha de Santos. “Ali há uma diversidade incrível de espécies, além de paisagens e vistas incríveis que são únicas do Parque Caminhos do Mar”, complementa.

A Mata Atlântica, bioma do entorno do Parque, já sofreu com a poluição oriunda das indústrias localizadas na cidade de Cubatão. Mas graças a projetos de recuperação ambiental, atualmente o espaço oferece um ambiente agradável, livre de qualquer tipo de poluição, perfeito para visitas e prática de esportes. Por isso a Parquetur aplica novos hábitos e ações sustentáveis diariamente, sempre com base nas leis e normas de proteção ambiental. (Crédito da foto acima: Christian Jauch)

“O Dia Mundial do Meio Ambiente é uma oportunidade para refletirmos quanto aos impactos negativos da ação humana sobre o meio ambiente e da necessidade urgente de sermos mais sustentáveis no nosso cotidiano”, lembra Bonafé. “mas todo dia é dia de cuidar do meio ambiente. Cada um de nós pode fazer a sua parte. No nosso dia a dia devemos, por exemplo, evitar o desperdício de água, dar a destinação correta ao lixo que geramos e contribuir para a preservação das matas e florestas”, conclui Bonafé.

Sobre a Parquetur

A Parquetur é uma empresa brasileira, gestora de parques naturais, e além da concessão do Parque Caminhos do Mar atua também na gestão e operação da Chapada dos Veadeiros em Goiás. A proposta da Parquetur é (re) encantar as pessoas a partir de uma abertura gentil e imersiva da natureza, promovendo maior acessibilidade ao público visitante destas áreas, conservando a biodiversidade.

Sobre o Parque Caminhos do Mar

Considerado um importante corredor ecológico, que liga as porções norte e sul desses remanescentes de Mata Atlântica, o Caminhos do Mar é uma unidade de conservação que faz parte do Parque Estadual da Serra do Mar, sob recente concessão à Parquetur, e tem como princípio promover a conservação ambiental, por meio de educação ambiental para a conscientização da população sobre a importância da natureza. Indicado para todas as idades em razão do fácil acesso através da estrada, o passeio inicia-se em uma trilha com 9 km de extensão com nível de dificuldade fácil, que atravessa a velha Estrada de Santos (fechada para tráfego desde 1985), e que conta com 9 monumentos levantados em comemoração aos 100 anos da Independência, em 1922. Uma das atrações é a Calçada do Lorena, trilha de pedras por onde dom Pedro I passou para proclamar a Independência, em 1822. É o primeiro caminho pavimentado com rochas ligando o planalto ao litoral, cujo objetivo era o tráfego de mercadorias (algodão, tabaco, anil, açúcar e café) no período colonial, e que hoje está aberto para passeio e visitação. (Crédito da foto acima: flickr.com)

O que vai fazer em São Paulo?

Voltar

Maxmilhas
Seguro Viagem Brasil
PagSeguro BR

Contato

JM | Travel & Tourism
OLINDA - PE - BRASIL
@JMpassagem

Contate-nos

Newsletter

Assine a nossa newsletter:

Jacytan Melo Passagens © 2016 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode