Novo Bosque da Independência e árvores nativas da Mata Atlântica são atrações na primavera do Caminhos do Mar

27/09/2022 07:30

Área preservada de Mata Atlântica, o parque muda seu tom predominantemente verde para paisagens coloridas com muito roxo e amarelo, tons predominantes nas árvores que florescem no período

Escrito por Adriana Fegyveres | ELA Comunica
Primavera começa a colorir a verde Mata Atlântica - Foto: ELA Comunica

Olinda, PE, Brasil (Ano IX) - O Caminhos do Mar, que faz parte do Parque Estadual Serra do Mar, operado pela Parquetur por meio do processo de concessão do Governo do Estado de São Paulo, é uma unidade de conservação da Mata Atlântica. Apesar de esse bioma estar em 30% da região metropolitana da capital paulista, no Caminhos do Mar é possível viver uma quase imersão nesta vegetação. O local também foi palco histórico para a Declaração da Independência do Brasil, e durante as comemorações do bicentenário o público participou do plantio de mudas que resultarão no Bosque da Independência – ação de restauro ambiental implementada pelo parque.

A Calçada do Lorena (Foto: oslorenas.blogspot.com), caminho percorrido por D. Pedro I em 1822 na subida do litoral ao Ipiranga em São Paulo, está ali – e ciente da sua responsabilidade ambiental, o parque realizou o plantio de mudas de árvores entre muitas outras atividades para a celebração do Bicentenário. A conscientização ambiental por meio da visitação do público sempre será estimulada pela gestão do parque, e o Bosque é um legado deixado no período e que continuará acontecendo.

Enquanto essas mudas não chegam à maturidade, vale saber o que impacta o visual da região na primavera, ou seja, algumas árvores nativas do bioma, que agora florescerão e devem mudar a paleta de cores das fotos tiradas pelos visitantes ao longo da Estrada Velha de Santos, da Trilha da Cachoeira da Torre e da Calçada do Lorena.

Manacá

Uma das plantas mais populares do Brasil, e espécie pioneira da Mata Atlântica, o Manacá da Serra (Crédito da foto: flickr.com) foi uma das espécies mais utilizadas no processo de reflorestamento da Serra do Mar na região do Caminhos do Mar em 1989. Também conhecido como Cuiperúna e Jacatirão, quando floresce, a árvore tinge parte da paisagem da Serra do Mar de roxo. De porte médio, essa árvore pode crescer até 12 metros.

O que vai fazer em São Paulo?

Quaresmeira

Assim batizada como referência ao período da quaresma (Crédito da foto: pinterest.com.mx), essa árvore floresce duas vezes por ano: na primavera e no outono. Também com flores roxas, sua copa arredondada é admirada também sem flores. Com folhas elípticas e frutos marrons, seu ciclo de vida dura até 70 anos.

Ipê

A flor nacional do Brasil vem dessa árvore, que perde toda a sua folhagem para dar lugar a cachos inteiros de suas flores exuberantes e coloridas. Encontrada em amarelo, roxo, rosa, branco e até verde, no Caminhos do Mar é possível ver os amarelos. Seu nome vem do Tupi e significa casca dura. Ela começa a florescer em julho e assim segue até novembro, mas é entre outubro e novembro que ganham intensidade. (Foto acima: ELA Comunica)

Como visitar o Caminhos do Mar

Para compra de ingressos, acesse: www.caminhosdomar.com.br

Horário: 8h às 17h – de quarta a domingo

Valor do Ingresso: R$ 40,00 (inteira)/R$ 20,00 (meia)

Valor Avulso do Transporte Interno – R$ 35,00 (vendido exclusivamente nas bilheterias locais e mediante disponibilidade.)

Combos Promocionais (vendidos exclusivamente no site)     

R$ 50,00 (Inteira e transporte interno)

R$ 42,50 (Meia e transporte interno)     

Endereço:

Portaria de entrada por São Bernardo do Campo:
• SP-148 Estrada Caminho do Mar, Km 42 - Alto da Serra - São Bernardo do Campo/ SP

Portaria de entrada por Cubatão:
• SP-148 Estrada Caminho do Mar, Km 50 - Cruzeiro Quinhentista - Cubatão/SP

Sobre o Caminhos do Mar

Considerado um importante corredor ecológico, que liga as porções norte e sul desses remanescentes de Mata Atlântica, o Caminhos do Mar é uma unidade de conservação que faz parte do Parque Estadual Serra do Mar, operado pela Parquetur, por meio do processo de concessão do Governo do Estado de São Paulo e tem como princípio promover a conservação ambiental, por meio de educação ambiental para a conscientização da população sobre a importância da natureza. Indicado para todas as idades em razão do fácil acesso através da estrada, o passeio inicia-se em uma trilha com 8 km de extensão com nível de dificuldade fácil, que atravessa a Estrada Velha de Santos (fechada para tráfego desde 1985), e que conta com oito monumentos construídos em comemoração aos 100 anos da Independência, em 1922. Uma das atrações é a Calçada do Lorena, trilha de pedras com 3,5 km de extensão por onde D. Pedro I passou para proclamar a Independência, em 1822. É o primeiro caminho pavimentado com rochas ligando o planalto ao litoral, cujo objetivo era o tráfego de mercadorias (algodão, tabaco, anil, açúcar e café) no período colonial, e que hoje está aberto para passeio e visitação. O visitante ainda pode visitar uma terceira trilha, a Cachoeira da Torre, que necessita agendamento prévio.

Sobre a Parquetur

A Parquetur é uma empresa brasileira, gestora de parques naturais, e além da concessão do Caminhos do Mar atua também na gestão e operação do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros em Goiás. A proposta da Parquetur é (re) encantar as pessoas a partir de uma abertura gentil e imersiva da natureza, promovendo maior acessibilidade ao público visitante destas áreas, conservando a biodiversidade.

 

Voltar

Quero Passagem BR

PagSeguro BR

Contato

JM | Travel & Tourism
OLINDA - PE - BRASIL
@JMpassagem

Contate-nos

Newsletter

Assine a nossa newsletter:

Jacytan Melo Passagens © 2016 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode