É assim que a KLM cuida do seu animal em seus voos

por redação (com informação Renee Penris en Aisha Mansaray)
Imagens: reprodução/divulgação
 
Ver vídeo -| The unique Lost & Found Service by KLM Royal Dutch Airlines!: https://youtu.be/Tju5a-8OhTk
 
Você sabia que quando a KLM, em 1924, se tornou a primeira companhia aérea do mundo a transportar um animal vivo a bordo, um búfalo, chamado Nico. Desde então, o transporte de animais tem sido uma especialidade da KLM.
 
Jacytan Melo Travel and Tourism (Ano V) - Todos os anos, a KLM transporta dezenas de milhares de animais. Podem ser tigres e zebras viajando de um zoológico para outro, mas grande parte desse número são bichos de estimação que viajam com os seus donos.
 
 
Viajando com pets
 
Frequentemente, a KLM recebe em suas redes sociais perguntas sobre viajar com gatos e cachorros. Para quem está voando via Amsterdam com uma conexão de 2 horas ou mais, o animal será automaticamente acomodado no Air France KLM Martinair Cargo Animal Hotel. Trata-se de um dos maiores e mais modernos hotéis de animais do mundo e foi desenhado para garantir que os animais tenham uma estadia com conforto, higiene e tranquilidade antes do voo. Enquanto seus donos curtem um cafezinho no aeroporto, seus animais estão recebendo alimentação.
 
 
As suítes de gatos e cachorros
 
O hotel, situado num galpão largo e iluminado, possui diferentes espaços para todos os tipos de animais. A “Suíte Canina” – uma espaçosa sala com canis e equipamentos como coleiras e guias – o visitante é saudado por Mila, uma pequena Yorkshire Terrier marrom que animadamente encara a porta do canil.
 
 
Em cima de seu canil, há um saco de ração. “Alguns passageiros acham que seus cachorros não comeram nada quando chegam e percebem os sacos de ração intactos”, explica Raymond. “Mas isso não é verdade. Os animais sempre são muito bem alimentados e hidratados antes das viagens. Esses sacos são deixados aí apenas para garantir que sempre haverá algo para comer no caso de um pouso extra não planejado, por exemplo.
 
 
Saiba como preparar seu pet para a viagem
 
Do lado das rações, encontra-se documentos de viagem em cada um dos canis. Eles contêm informações sobre o destino do cachorro, sua saúde e outras peculiaridades. Dependendo do destino, pode levar até quatro meses para que todos os documentos, vacinas e exames de saúde sejam providenciados.
 
 
Um item muito importante é o canil, que precisa cumprir critérios rígidos. Felizmente, existem sempre canis extras para repor canis que não estão adequados para a viagem. Além de itens práticos, você pode também levar um lençol extra ou um brinquedo para que seu cachorro se mantenha quentinho e feliz.
 
Uma volta no parque
 
O hotel faz tudo o que pode para deixar os cachorros felizes e tranquilos antes da viagem. Os pets são levados para um breve passeio, para que possam esticar suas pernas e tomar um pouco de ar puro, antes de serem colocados em seus canis novamente para relaxarem.
 
Cachorros e gatos são transportados em uma área separada. Toda a equipe de bordo se certifica que a temperatura deste compartimento está sempre em 18°C e com bastante ar fresco.
 
Os atendentes de animais
 
O hotel tem uma atividade agitada. Enquanto um funcionário verifica um caixote de madeira com cascavéis, outros passeiam com os cachorros ou cuidam de hamsters recém-chegados.
 

 

por redação (com informação Renee Penris en Aisha Mansaray | blog KLM)
Imagens: Reprodução/Divulgação
 
Você sabia que quando a KLM, em 1924, se tornou a primeira companhia aérea do mundo a transportar um animal vivo a bordo, um búfalo, chamado Nico. Desde então, o transporte de animais tem sido uma especialidade da KLM.
 
Jacytan Melo Passagens | Sua próxima viagem começa aqui! - Todos os anos, a KLM transporta dezenas de milhares de animais. Podem ser tigres e zebras viajando de um zoológico para outro, mas grande parte desse número são bichos de estimação que viajam com os seus donos.
 
Viajando com pets
 
Frequentemente, a KLM recebe em suas redes sociais perguntas sobre viajar com gatos e cachorros. Para quem está voando via Amsterdam com uma conexão de 2 horas ou mais, o animal será automaticamente acomodado no Air France KLM Martinair Cargo Animal Hotel. Trata-se de um dos maiores e mais modernos hotéis animais do mundo e foi desenhado para garantir que os animais tenham uma estadia com conforto, higiene e tranquilidade antes do voo. Enquanto seus donos curtem um cafezinho no aeroporto, seus animais estão recebendo alimentação.
 
As suítes de gatos e cachorros
 
O hotel, situado num galpão largo e iluminado, possui diferentes espaços para todos os tipos de animais. A “Suíte Canina” – uma espaçosa sala com canis e equipamentos como coleiras e guias – o visitante é saudado por Mila, uma pequena Yorkshire Terrier marrom que animadamente encara a porta do canil.
 
Em cima de seu canil, há um saco de ração. “Alguns passageiros acham que seus cachorros não comeram nada quando chegam e percebem os sacos de ração intactos”, explica Raymond. “Mas isso não é verdade. Os animais sempre são muito bem alimentados e hidratados antes das viagens. Esses sacos são deixados aí apenas para garantir que sempre haverá algo para comer no caso de um pouso extra não planejado, por exemplo.”
 
Saiba como preparar seu pet para a viagem
 
Do lado das rações, vejo documentos de viagem em cada um dos canis. Eles contêm informações sobre o destino do cachorro, sua saúde e outras peculiaridades. Dependendo do destino, pode levar até quatro meses para que todos os documentos, vacinas e exames de saúde sejam providenciados.
 
Um item muito importante é o canil, que precisa cumprir critérios rígidos. Felizmente, existem sempre canis extras para repor canis que não estão adequados para a viagem. Além de itens práticos, você pode também levar um lençol extra ou um brinquedo para que seu cachorro se mantenha quentinho e feliz.
 
Uma volta no parque
 
O hotel faz tudo o que pode para deixar os cachorros felizes e tranquilos antes da viagem. Os pets são levados para um breve passeio, para que possam esticar suas pernas e tomar um pouco de ar puro, antes de serem colocados em seus canis novamente para relaxarem.
 
Cachorros e gatos são transportados em uma área separada. Toda a equipe de bordo se certifica que a temperatura deste compartimento está sempre em 18°C e com bastante ar fresco.
 
Os atendentes de animais
 
O hotel tem uma atividade agitada. Enquanto um funcionário verifica um caixote de madeira com cascavéis, outros passeiam com os cachorros ou cuidam de hamsters recém-chegados.
 
Um dos atendentes de animais é Leonard Visser, que acabou de voltar de uma viagem em que acompanhou um cavalo até a China. “Esse não é um trabalho antigo qualquer”, diz Leonardo com empolgação. “Nós voamos o mundo todo acompanhando animais como cavalos e animais de zoológico. Nós nos certificamos de que eles recebem refeições e estejam suficientemente descansados – voar pode ser bem estressante para alguns animais. Ficamos com eles durante a decolagem e o pouso e de maneira geral, os tratamos como se fossem nossos bichos.”
Pesquisar
De
Para
Data de partida
      Data do retorno
          Passageiros
          • 1 Adulto
          • 2 Adultos
          • 3 Adultos
          • 4 Adultos
          • 5 Adultos
          • 6 Adultos
          • 7 Adultos
          • 8 Adultos
          • 0 Crianças
          • 1 Criança
          • 2 Crianças
          • 3 Crianças
          • 5 Crianças
          • 6 Crianças
          • 7 Crianças
          • 8 Crianças
          • 0 Bebês
          • 1 Bebê
          • 2 Bebês
          • 3 Bebês
          • 5 Bebês
          • 6 Bebês
          • 7 Bebês
          • 8 Bebês