Conheça os tipos de hóspedes do Intercontinental Cartagena de Índias. Um pode ser você!

Por Paulo Atzingen (de Cartagena)* Diário do Turismo - Agoda.com
Imagens: reprodução/divulgação/Agoda.com

VIAJAR BEM É VIAJAR SEGURO >

Jacytan Melo Passagens (Ano III) | Sua próxima viagem começa aqui! - Quando for a Cartagena, na Colômbia
e quiser ficar próximo a suas enigmáticas fortalezas quinhentistas e seus shoppings centers pós-modernos, uma sugestão imbatível é ficar hospedado no Hotel Intercontinental Cartagena de Índias, localizado no badalado bairro de Bocagrande.

O DIÁRIO ocupou a suíte Premium do hotel e experimentou seus 90 metros quadrados de conforto, funcionalidade e beleza. Tudo, absolutamente tudo o que uma pessoa precisa para desconectar-se quando estiver a passeio e lazer, ou conectar-se quando estiver a trabalho, participando de um evento ou a negócios, ela encontra aqui.

Preservando as características internacionais da marca, o Intercontinental Cartagena de Índias – possui serviços e produtos de primeira linha que agradam – praticamente – todos os perfis de pessoas. Perfis que vão muito além dos corporativos, executivos ou descolados. Perfis que ultrapassam as saturadas descrições econômicas, executiva e superiores.

Hóspede intuitivo

Se você é um hóspede que possui perfil intuitivo, e tem o raciocínio dos lógicos, gostará de apreciar as linhas sóbrias de engenharia do hotel, sua beleza em vidro quadriculado azul e branco, seus recortes estruturais em aço e concreto se destacando na orla de Bocagrande.  Observará também a dinâmica de trabalho dos funcionários, a pontualidade dos serviços como limpeza de quarto, café da manhã e precisão na abertura de cama, com lençóis milimetricamente dobrados em formato trapezoidal.

 

Esse mesmo perfil de hóspede reparará na forma cortês que é tratado pelos funcionários e na elegância dos atendentes, o corte de seus uniformes ou a forma que as mulheres prendem o cabelo. Um fato que salta aos olhos ao hóspede intuitivo, que faz abstrações, é o eficaz controle feito pelos funcionários da recepção quando os hóspedes saem do hotel com destino aos passeios históricos do centro colonial ou às ilhas do Caribe. Esses funcionários – de forma muito gentil – perguntam qual o apartamento que estão, para onde vão e só depois chamam o táxi. Cruzam essas informações nome do hóspede × número do quarto x chapa do táxi. Isto dá ao visitante – seja ele intuitivo ou não – uma boa dose de segurança. Lugar do hóspede intuitivo: Restaurante Kanuu.

Hóspedes conceituais

Se você for um hóspede da turma dos conceituais, dos criativos, valorizará as cabeças artísticas que espalharam pelas paredes do hotel os quadros a óleo dos pintores cartaginenses, pelo chão as cores dos fios dos tapetes dos artesãos, os desenhos dos carpetes nos corredores, os tipos de textura dos pisos e, pelos cantos dos quartos e das salas, os objetos e instalações que arranham a genialidade, tocam a loucura, e por isso, são tratados como arte.

Este tipo de hóspede dá a devida importância à decoração, a cor das paredes, e à caligrafia do gerente no cartão ao desejar-lhe boas- vindas. Lugar do hóspede conceitual: Club Lounge Intercontinental.

Hóspede visceral

No entanto, caso você seja um hóspede mais visceral, você demanda e libera muita energia física e intelectual. A academia, a piscina e a própria praia o chamam, o tempo todo.

Disciplinado, o hóspede visceral dispensa até a camareira de tão organizado que é, arrumando sua própria cama. Ele preocupa-se com a conservação de recursos, insumos e energia e evita deixar as luzes acesas. Reutiliza as toalhas. Lugar do hóspede visceral: Academia.

Hóspede comunicativo

Neste grupo destaca-se também o hóspede comunicativo que dá tremenda importância à sinalização, às mensagens e aos serviços de internet se funcionam a contento. Esse tipo de hóspede se expressa muito bem e deixa, com toda certeza, uma mensagem de agradecimento ao gerente e à camareira quando vai embora. Lugar do hóspede comunicativo:  lobby ou business center. 

Todos os hóspedes

Ao cair da tarde todos esses hóspedes, intuitivos, racionais, artísticos, viscerais e comunicativos se reúnem para adorar uma unanimidade: o por de sol de Cartagena, no mar do Caribe. Lugar de todos esses hóspedes: piscina de borda infinita do hotel.

*Fontes da matéria: https://www.blogdoatzingen.com.br/ - https://diariodoturismo.com.br/hospedes-do-intercontinental-cartagena-de-indias/

*O jornalista Paulo Atzingen viajou para Cartagena (Colômbia) com seguro GTA e ficou hospedado no Intercontinental Cartagena a convite do IHG – Intercontinental Hotel Group

**Os conceitos e perfis são baseados no livro A Era do Talento – de Roberto Lira Miranda (Book Mídia Editora – 2004)