Conheça Milão: capital da moda, arte e gastronomia

27/10/2022 08:10

Você sabia que Milão é a segunda maior cidade da Itália? Aliás, ela não é só uma cidade! É uma metrópole cosmopolita que atrai diversos públicos.

por Antonia Beatriz Pires* | Real Seguro Viagem
Praça Del Domo, Milão, Itália - Foto: ansabrasil.com.br

Olinda, PE, Brasil (Ano IX) - Milão é conhecida por ser referência em moda, mas esse artigo é justamente para mostrar que, além da produção de vestuários, a cidade é encantadoramente literária, com estruturas históricas, culturas, tradições e com um importante centro gastronômico e vida noturna memorável.

O que vai fazer em Milão?

Milão, onde está localizada?

Milão está localizada no norte da Itália, e é a capital da Lombardia — uma região impulsionada pela metrópole, onde se concentra negócios e indústrias, mas que além disso, é rica em arte e cultura, tradições e na gastronomia.

A região da Lombardia é povoada desde 400 a.C pelos Celtas, depois pelos Romanos e vai muito além de Milão — uma das cidades mais populosas.

Clima

Em Milão o verão é morno e úmido, enquanto o inverno é muito frio. Durante o ano inteiro o tempo é de céu parcialmente encoberto. Ao longo do ano, em geral, a temperatura varia de -1 °C a 30 °C e raramente é inferior a -5 °C ou superior a 33 °C.

A melhor época do ano para visitar Milão e realizar atividades de clima quente é do fim de junho ao fim de agosto.

O que fazer em Milão?

Como mencionado, passeios em Milão tem de sobra para você se aventurar. E o melhor de tudo, é que a capital tem uma diversidade de atrações para todos os tipos de públicos. (Crédito da foto: tiqets.com)

Pensando nisso, separamos roteiros para todos os apreciadores, sejam eles da arte, história, gastronomia ou da noitada. Veja:

Lazer e Cultura

O Museo del Novecento foi criado em 6 de dezembro de 2010 com o objetivo de difundir o conhecimento da arte do século XX e oferecer uma visão mais abrangente das coleções que a cidade de Milão herdou ao longo do tempo.

Ele é famoso por contar com uma maravilhosa e atraente composição de obras de arte pertencentes ao século XX, criadas, entre outras, por Fontana, Soffici, Boccioni, Kandinsky e Picasso.

Um ponto marcante e que atrai turistas para posar e obter uma fotografia linda é com o Duomo de fundo e a linda luminária do museu,  que se encontra no último andar do prédio.

E por falar em Duomo… Ela é uma das mais belas catedrais góticas do mundo, a sua construção começou em 1386 onde antes existiam as igrejas de Santa Tecla e Santa Maria Maggiore e durou mais de 400 anos.  

A catedral foi toda construída com o maravilhoso mármore branco-rosa de Candoglia (no Lago Maggiore) que viajava através dos canais de Milão e chegava em um laguinho praticamente atrás de onde hoje é a igreja. É um dos pontos que não pode ser dispensado na sua viagem para Milão!

Um ótimo passeio em família, onde, provavelmente, as crianças vão se encantar!  O Museu da História Natural é o mais antigo de Milão, fundado em 1838.

Ele conserva em seus 23 quartos milhões de achados, desde a evolução de animais e humanos até o desenvolvimento de vertebrados e plantas, além de evidências mineralógicas muito importantes.

O Museu conta com uma parte incrível que são os esqueletos de dinossauros, além da presença de dioramas excepcionais que reconstroem o ambiente em que plantas e animais viveram e vivem.

É uma experiência memorável não só para as crianças, mas que atrai muitos adultos também.

O Parque Sempione é um enorme espaço verde localizado ao lado do Castelo Sforzesco. Foi construído entre 1890 e 1893 seguindo o estilo dos jardins ingleses.

Um passeio ideal para um piquenique ou para fazer trilhas, se você tiver tempo. No verão, as grandes árvores proporcionam um refúgio agradável contra o calor italiano. Passe pela ponte que cruza o centro do parque ao se dirigir para os monumentos que tornam o Parque Sempione uma atração tão popular.

As 5 melhores coisas para fazer em Milão

1. Museo delle illusioni - As atrações do Museu de Ilusões de Milão abrangem mais de 70 exposições e abrangem diferentes campos, incluindo psicologia, matemática, ciência e biologia. Está localizada na via Settembrini 11, a poucos passos da Estação Central de Milão.

2. Catedral de Milão - Duomo - A Catedral de Milão, ou Duomo de Milão, é a maior igreja da Itália. Com 108 metros de altura, 160 metros de comprimento e 92 metros de largura, a catedral comporta até 40 mil pessoas. É também o lugar do maior órgão da Itália, com 15350 tubos.

3.  Museu Nacional de Ciência e Tecnologia Leonardo da Vinci  - O Museu Nacional de Ciência e Tecnologia Leonardo da Vinci está cheio de experimentos em campos como energia e comunicação. Além disso, apresenta alguns modelos de invenções famosas de Leonardo da Vinci, incluindo tanques de guerra, máquinas voadoras e muito mais.

4. Teatro alla Scala - Inaugurado no dia 3 de agosto de 1778, o Teatro alla Scala é um impressionante teatro de ópera romântico em Milão. O La Scala já recebeu alguns dos artistas mais talentosos do mundo, bem como inúmeras óperas e companhias de balé.

5. Museu Casa Milan - O A.C. Milan é um dos grandes clubes de futebol do mundo.

Como chegar?

É importante que o viajante saiba que, saindo do Brasil, há apenas um voo direto a Milão, que sai de São Paulo e é operado pela companhia LATAM.

Quem sai de outras cidades do país pode pegar um voo até São Paulo ou sair de outro aeroporto brasileiro e fazer escala em uma cidade europeia. A duração leva o Tempo médio de voo de 11h 29 min.

A Jetradar pesquisa sites de viagens e de companhias aéreas para ajudar você a encontrar voos econômicos para seu destino preferido, com os melhores preços.

PESQUISAR PASSAGEM >

Quais documentos necessários para entrar na Itália?

  • A primeira coisa que você precisa saber é que para entrar na Itália em 2022 é preciso ter:
  • Passaporte válido: viajantes brasileiros não precisam de visto para Itália, para viagens curtas de até 90 dias.
  • É importante que você saiba que, a partir do final do ano de 2022, para países europeus pertencentes ao Espaço Schengen, será preciso obter a emissão do ETIAS, uma autorização eletrônica que terá validade de 3 anos e deverá ser emitida antes da viagem e após pagamento da taxa.
  • É recomendado, também, ter à mão o comprovante de hospedagem (ou carta-convite), comprovante de renda para o período da viagem e a passagem aérea de volta para o Brasil.

Seguro Viagem Europa

Outro item obrigatório para uma viajar para Itália em 2022 é um seguro viagem com cobertura mínima de 30.000 euros.

O seguro viagem internacional é requisito obrigatório para todos os estrangeiros que entram na Zona Schengen e o agente da imigração pode solicitar a apólice do seguro viagem a qualquer momento durante a imigração no país.

*Artigo patrocinado - Você acabou de ler um texto publicitário. Este aviso representa nosso compromisso e transparência diante de sua opinião.

Voltar

Tiqets Many GEOs
AliExpress WW

Contato

JM | Travel & Tourism
OLINDA - PE - BRASIL
@JMpassagem

Contate-nos

Newsletter

Assine a nossa newsletter:

Jacytan Melo Passagens © 2016 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode