Cinco dicas para o viajante sobre seguro viagem

por redação (com informações Seguros Promo)

Jacytan Melo | Travel and Tourism
(Ano V) - Para quem está viajando corre riscos com a possibilidades de imprevistos, seja ficar doente, necessitar de uma internação hospitalar, ter a bagagem extraviada, entre tantas outras situações. A situação fica mais delicada quando se viaja com crianças ou idosos.

O seguro viagem é muito simples de fazer, pode ser contratado em sites de seguradoras. Para evitar transtorno, o viajante deve checar a ideonidade  da empresa.

Cinco dicas que todo viajante deve saber:

1 - Quando for contratar um seguro viagem, é bom dá prioridade para a assistência médica. Qualquer eventualidade relacionada à saúde, aumentam os gastos da viagem que não estavam planejadas. Dessa maneira, na hora de contratar o serviço, atente-se primeiro para questões relacionadas a atendimento médico e, posteriormente, verifique a possibilidade de inclusão de outros itens, como perda de itens pessoais.

2 - Procure pesquisar o valor de procedimentos médicos no destino  escolhido. Cada país possui custos específicos para determinados serviços. Com a informação obtida, o viajante terá uma base para definir as coberturas que estarão incluídas no seguro, além de diminuir o risco de contratar um serviço que não inclua certa cobertura, podendo resultar em gastos extras para o viajante.

3 - Se o viajante é possuidor de uma doença pré-existente é bom ficar de alerta. Grande parte das opções de seguro viagem disponibilizados no mercado não oferecem coberturas para doenças que o viajante tinha antes de sair do Brasil. É recomendável que a pessoa possuidora de doença crônica, solicitar o acréscimo de tal funcionalidade no seguro. Futuros viajante devem ter como hábito de fazer um check-up médico antes de viajar, evitando com isso eventuais surpresas.

4 - Se o viajante planejar praticar atividades de risco, como esportes radicais, é fundamental que exponha esse desejo na hora de contratar o seguro. Se essa informação não for passada, o contratante não terá direito a receber a cobertura, caso aconteça algum acidente durante a prática.

5 - Quanto a questão relacionada a reembolso do seguro viagem para o  contratante, é bom ficar atento pois cada empresa possui sua política. Por isso, antes de fechar negócio, o contratante deve questionar sobre o prazo para cancelar o serviço sem necessitar de arcar com custos adicionais.