Alerta: evite golpes que são aplicados em viajantes

 

Cuidado com golpistas em viagens - Imagem: Reprodução/Divulgação

 

por informações Skyscanner

 

Durante estadias longe de casa, todo viajante deve ficar atento para evitar golpes que podem estragar a sua viagem

 

#JACYTANMELOPASSAGENS - Durante uma estadia longe de casa, todo viajante espera encontrar apenas pessoas amigáveis nos destinos por onde vai passar e, se possível, fazer novas amizades. Geralmente, é essa a realidade, mas nem sempre tudo são flores. Sempre existe a possibilidade de aparecerem golpistas que se aproveitam da distração de turistas, para conseguir dinheiro ou mesmo furtar itens pessoais.

 

Procurando hotel?

 

Felizmente, com atenção e cuidado, é possível evitar certos problemas e as precauções começam antes mesmo da viagem, buscando informações sobre segurança para viajantes. É por isso que o post de hoje traz os golpes comumente aplicados em turistas, para que você possa se prevenir e impedir problemas. Confira!

 

Cote agora seu Seguro Viagem!

 

Imagem: Reprodução/Divulgação

 

Fotógrafos voluntários

 

Pode acontecer em qualquer lugar do mundo. Ao ver viajantes tentando tirar uma selfie, sejam sozinhos ou acompanhados, uma pessoa se oferece para registrar o momento e pede gentilmente a câmera, desaparecendo logo em seguida, com a câmera ou aparelho celular em mãos. Sempre que necessário, a dica é tentar pedir este favor para outros viajantes e que, de preferência, já tenham sua própria câmera ou celular. Em lugares menos movimentados, onde há um número reduzido de visitantes ou ninguém com o perfil de turista, não perca muito tempo fotografando e desconfie de ações suspeitas.

 

VOOPTER - Todas as passagens aéreas num só lugar. COMPARE AGORA!

 

Presentes vindos de estranhos

 

Em lugares como a Espanha e a Itália, uma cena muito comum é o viajante ser abordado por estranhos, que querem lhe entregar um presente. Pode ser uma pulseira, uma flor ou qualquer outra peça pequena. Assim que aceita o ‘agrado’, vem a cobrança: o interceptor pede dinheiro em troca da lembrança e fica perturbando até receber algum dinheiro. A dica é, portanto, não aceitar nada que venha de estranhos, por mais gentis que pareçam ser.

 

 

Falsos policiais

 

Na Ásia ou na América do Sul, pessoas mal intencionadas usam uniformes policiais para abordar turistas. Alguns se aproximam pedindo para verificar a validade do dinheiro do viajante, alegando que há caso de falsificações na região. Enquanto conferem as cédulas, surrupiam algumas notas. Outros chegam alegando que o visitante está cometendo um crime – nestes casos, o mais comum é se aproveitarem da falta de conhecimento idiomático do viajante, confundindo ainda mais a pessoa interceptada.

 

Condor Rio - Frankfurt

 

Quando esse tipo de situação acontecer, basta se negar a parar, afinal não são policiais de verdade e logo vão embora quando perceberem que sua ação falhou. Caso caia no golpe, procure autoridades locais e tente resolver a situação.

 

Esteja onde estiver, alugue um carro com a RentalCars

 

Malas trocadas

 

Mais comum em aeroportos, pode acontecer também nas ruas. O golpista se aproxima (com uma mala igual à do viajante ou não), e pede para que a vítima fique de olho em sua bagagem, enquanto ele precisa fazer alguma coisa longe dali. Quando retorna, em vez de pegar a sua própria bagagem, recolhe a mala do viajante, deixando no lugar uma mala totalmente vazia.

 

Dois conselhos podem evitar este tipo de golpe: não aceitar o pedido para vigiar a bagagem de nenhum estranho e ter malas mais chamativas, difíceis de serem confundidas. Assim, as chances de sucesso do infrator são bem menores.

 

Imagem: Reprodução/Divulgação

 

Taxistas golpistas

 

Também pode acontecer em qualquer destino e os golpes variam bastante. Alguns taxistas não ligam o taxímetro e se recusam a fazê-lo, quando solicitado. E, pior: caso acatem o pedido do passageiro, dão voltas e voltas para deixar a corrida ainda mais cara. Outra situação comum é entregar o troco errado, principalmente quando a moeda é estrangeira. Taxistas se aproveitam da falta de conhecimento em relação às cédulas e devolvem dinheiro a menos ao passageiro.

 

Aqui, duas sugestões são muito válidas: ande apenas com táxis licenciados e identificados e sempre confira o troco, conhecendo previamente todas as notas da moeda local.

 

Dicas

 

Estes são apenas cinco dos golpes mais comumente aplicados em turistas, sendo que a cada dia novas fraudes podem surgir. Para uma viagem tranquila, longe deste tipo de confusão, algumas dicas são sempre bem-vindas, como essas:

 

- evite o perfil turista. Sabe quando vemos gringos andando pelas ruas e sabemos logo de cara que são viajantes? Então, não seja como eles. A não ser que você esteja participando de uma excursão, não ande com câmeras penduradas no pescoço, nem fique fotografando cada placa ou poste que aparece ao longo do caminho. Quanto mais parecido com um local você for, menos atenção você vai chamar;

 

- fique sempre atento. Em aeroportos, estações de metrô, rodoviárias e outros lugares de intensa movimentação, fique sempre perto e de olho em sua bagagem. Nunca entregue suas malas a estranhos;

 

- conheça bem o seu destino previamente. Procure informações sobre lugares de risco para os turistas e evite andar em locais mais afastados, principalmente à noite.

 

Mesmo tendo que tomar algumas precauções, viaje tranquilo. Pensamentos positivos também são fundamentais para afastar pessoas mal intencionadas, pode acreditar! Assim, é só aproveitar ao máximo cada minuto longe de casa e retornar apenas com boas lembranças na bagagem!

____________________________________________

Antes de viajar compare aqui o seu Seguro Viagem


Acompanhe Jacytan Melo Passagens pelo Twitter

 

Descubra a Europa com a Condor!
Voopter banner buscador e7afeebc