DIRIGIR EM PORTUGAL

 
por informações VisitPortugal
Imagem: Reprodução/Divulgação/www.circulaseguro.pt
 
Conduzir veículo em Portugal
Em Portugal o trânsito processa-se pelo lado direito. Nas praças, cruzamentos e entroncamentos, salvo sinalização em contrário, têm prioridade os veículos que se apresentam pela direita. Nos cruzamentos com rotundas, têm prioridade os veículos que já se encontram a circular no interior. Os sinais de trânsito obedecem às normas internacionais.
 
O uso do cinto de segurança é sempre obrigatório
 
Documentos obrigatórios: 
- Documento de identificação pessoal 
- Título de condução 
- Certificado de seguro 
- Título de registo de propriedade do veículo ou documento equivalente 
- Documento de identificação do veículo (livrete) ou documentos equivalentes
 
As multas devem ser pagas no local.
 
Limites máximos de velocidade para os automóveis ligeiros sem reboque e motociclos: 
  50 km/hora - dentro das localidades 
  90 km/hora - nas vias normais 
100 km/hora - nas vias reservadas a automóveis 
120 km/hora - nas autoestradas.
 
O Código de Estrada proíbe a utilização de telemóveis durante a condução de veículos, exceto se forem usados dispositivos de alta voz ou o auricular.
 
 
Condução para pessoas com deficiência
Em Portugal, as regras de condução relativas a pessoas com deficiência referem-se unicamente à sua aptidão física e mental, podendo resultar em restrições ou adaptações que deverão estar referidas na carta de condução.
 
Se a pessoa com deficiência for possuidora de carta de condução válida em Portugal, poderá efetuar a condução de veículos, desde que cumpridas as restrições ou adaptações que se adeqúem à situação.
 
São reconhecidos em Portugal os cartões de estacionamento de modelo comunitário para pessoas com deficiência, emitidos por qualquer um dos Estados-membros. Os lugares reservados para o efeito são indicados através de sinalização. Situações de estacionamento noutros locais são permitidas, em caso de absoluta necessidade, desde que por curtos períodos de tempo e sem prejudicar a normal e livre circulação de peões e de veículos.
 
Alcoolemia, Níveis máximos de alcoolemia
Em Portugal não é permitido conduzir com uma taxa de alcoolemia igual ou superior a 0,5 gramas por litro. Quem ultrapassar a taxa máxima definida por lei, estará sujeito a coimas, que variam em função do valor da taxa apurada. 
 
- Uma taxa de alcoolemia entre 0,5 g/l e 0,8 g/l é considerada uma contraordenação grave, que poderá ser punida com a proibição de conduzir por um período de 1 mês a 1 ano, e o pagamento de uma multa de valor entre 250 a 1.250 euros. 
- Uma taxa de alcoolemia entre 0,8 g/l e 1,2 g/l é considerada uma contraordenação muito grave, e implica proibição de conduzir entre 2 meses e 2 anos, e multa de 500 a 2.500 euros. 
- Uma taxa igual ou superior a 1,2 g/l é considerada crime, punível com pena de prisão até 1 ano ou multa até 120 dias, para além da inibição de conduzir por um período de 3 meses a 3 anos.
 
 
Aluguel de automóveis
Nos aeroportos, nas estações terminais de transportes internacionais de caminhos de ferro, e nas principais localidades, existem serviços de aluguer de automóveis sem condutor.
 
 
Para os condutores com dificuldades de locomoção, ou que o preferirem, é possível o aluguer de veículos com caixa automática ou adaptados. 
 
 
Para o aluguer de viaturas é necessário:
- ter no mínimo entre 21 e 25 anos, consoante as condições de aluguer de cada empresa; 
- apresentar uma identificação (bilhete de identidade para os cidadãos da U.E. ou passaporte válido para as outras nacionalidades); 
- carta de condução válida há mais de um ano.

 

eBuilders