Hotéis de Salvador (BA) e de Foz do Iguaçu (PR) têm os preços mais baixos, segundo pesquisa

por informações redação Hôtelier News

Jacytan Melo Passagens | Sua próxima viagem começa aqui!
- Um levantamento feito pela Pananá Pesquisas em nove destinos brasileiros, apontou que as cidades de Foz do Iguaçu, no Paraná (foto), e Salvador, na Bahia, estão no topo da lista de destinos que oferecem o melhor custo-benefício, inclusive na hotelaria. As duas cidades oferecem os menores valores de diárias, em hotéis de categoria 3 e 4 estrelas, mais procurados pelos turistas.

As informações foram obtidas entre os dias 21 e 29 de novembro, tendo como base, os sites mais utilizados pelas pessoas no momento do planejamento de suas viagens de férias ou de negócios - booking.com, bestday.com.br, hoteis.com e decolar.com. Para chegar aos resultados, a pesquisa simulou uma acomodação dupla, para dois períodos de hospedagens: entre 3 e 9 e 24 e 30 de janeiro de 2017.

"A relação custo-benefício da hotelaria de Foz do Iguaçu é imbatível. Não só na questão de preços, mas na qualidade dos serviços oferecidos", observou Gilmar Piolla, superintendente de Comunicação Social da Itaipu e secretário geral do Codefoz.

Além de Foz do Iguaçu e Salvador, a Paraná Pesquisas fez o levantamento de preços nos seguintes destinos: Fortaleza (CE), Natal (RN), Rio de Janeiro (RJ), Porto de Galinhas (PE) (foto), Costa do Sauípe (BA).

De acordo com a Paraná Pesquisas, os valores apurados referem-se à média encontrada em cada site para a classificação de 3 e 4 estrelas (classificação também feita pelos sites, que não correspondem ao determinado pelo Ministério do Turismo).

O levantamento revelou que, nos dois períodos pesquisados, tanto em hotéis de 3 como nos de 4 estrelas, os menores preços encontrados foram em Salvador (foto) e, logo em seguida, Foz do Iguaçu.

A média de valores do pacote para o período entre 3 e 9 de janeiro, em hotéis de 3 e 4  estrelas, foi de R$ 1.646,74 em Salvador; R$ 1.815,26 em Foz do Iguaçu; R$ 1.915,47 em Fortaleza; R$ 2.365,56 em Natal; R$ 2.454,65 no Rio de Janeiro; R$ 2.775,00 em Porto de Galinhas; R$ 2.947,60 na Costa do Sauípe; R$ 3.514,39 em Florianópolis; e R$ 3.607,73 em Gramado.

Para o período entre 24 e 30 de janeiro, a média geral apresentou valores mais baixos em sete dos nove destinos. Ficaram mais altos em Porto de Galinhas e em Salvador, que ainda assim apresentou a menor média de preços. O pacote para o período, em Salvador, ficou em R$ 1.533,81; em Foz do Iguaçu, R$ 1.650,84; em Fortaleza (foto), R$ 1.785,83; no Rio de Janeiro, R$ 1.880,10; em Natal, R$ 2.039,26; na Costa do Sauípe, R$ 2.964,13; em Porto de Galinhas, R$ 3.195,03; em Florianópolis, R$ 3.311,09; e em Gramado, R$ 3.314,39.

Na média, a diária dos hotéis de 3 e 4 estrelas, para o período entre 3 e 9 de janeiro, foi R$ 234,49 em Salvador; R$ 302,54 em Foz do Iguaçu; R$ 319,14 em Fortaleza; R$ 391,27 em Natal (foto); R$ 409,94 no Rio de Janeiro; R$ 491,27 na Costa do Sauípe; R$ 585,73 em Florianópolis; R$ 602,29 em Gramado; e R$ 655,74 em Porto de Galinhas.

Já para o período entre 24 e 30 de janeiro, a média de valores nos hotéis de 3 e 4 estrelas foi de R$ 255,64 em Salvador; R$ 275,29 em Foz do Iguaçu; R$ 297,64 em Fortaleza; R$ 329,56 em Natal; R$ 359,67 no Rio de Janeiro (foto); R$ 494,02 na Costa do Sauípe; R$ 532,40 em Porto de Galinhas; R$ 551,85 em Florianópolis; e R$ 552,40 em Gramado.

Serviço
itaipu.gov.br